Resenha: O Azarão (Markus Suzak)

Título Original: The Underdog
Autores: Markus Suzak
Editora: Bertrand Brasil
Páginas: 176
Gênero: Romance
Classificação: 2/5


Sinopse: Antes de tornar-se mundialmente conhecido, Markus Zusak escreveu uma trilogia de sucesso que somente agora está sendo publicada no Brasil. O primeiro título chama-se O Azarão. Fãs de A menina que roubava livros não podem deixar de ler os romances que inciaram a carreira estelar desse autor. Narrado em primeira pessoa, o livro apresenta a história de Cameron Wolfe, um garoto de 15 anos, perdido na vida e que vive às turras com a família. Trabalha com o pai encanador e sua mãe está sempre brigando com os filhos, na pequena casa onde todos moram juntos. Steve é o mais velho e mais bem-sucedido. Sarah é a segunda, e está sempre dando uns amassos com o namorado. Rube é o terceiro e o mais próximo de Cameron. Os dois, além de boxeadores amadores, vivem armando esquemas para roubar lojas e outros locais do tipo. Contudo, os planos nunca saem do papel. Uma história sobre a vida e sobre as lições que dela podem ser tiradas. Um romance de formação que exibe um jovem incorrigível, infeliz consigo mesmo e com sua vida. - "Tento ser humano em minha escrita. Comecei a escrever porque era o caminho natural. Durante o ensino médio eu era muito introvertido. Sempre tinha histórias na cabeça. Então comecei a escrevê-las." - Markus Zusak


Não diferente de outras pessoas, conheci a escrita de Markus Zusak por causa do livro A Menina que Roubava Livros, obra que admito que não é fácil, mas é recheada de emoções e mensagens que levarei para sempre. Depois de um romance tão carregado e triste, quis ler outros livros do autor e foi ai que escolhi O Azarão.

Esse foi o primeiro romance de Suzak, sendo também o primeiro livro da trilogia Irmãos Wolfe. Esse primeiro livro traz uma escrita leve e básica, sem nenhuma firula e palavras complicadas, dando a entender que o autor é muito intelectual, Markus com a simplicidade quer passar o cotidiano e os sentimentos de Cameron, um menino de 15 anos que convive com os temidos problemas da adolescência: primeiro amor, família, amigos que se afastam e outras coisas.

Não criei muitas expectativas com esse livro, na verdade não sabia muito que poderia vir pela frente, mas admito que passei boa parte do livro o achando “chato”. A estória de Cameron era interessante, mas eu simplesmente não conseguia me empolgar com a leitura. Houve uma conexão, pois como Cam eu achava minha vida um saco aos 15 anos, mas simplesmente algo não funcionou entre o livro e eu.

Quando comecei a me empolgar, o livro já estava em seu último capítulo. Não vejo pontos negativos nesse romance de estreia de Markus, mas ele simplesmente não me conquistou tanto assim.

Pretendo ler os outros dois livros quando eles forem lançados aqui no Brasil e mesmo tendo dado duas estrelas ao livro, o recomendo para todos, pois a escrita e a forma que Markus Zusak conta e conduz uma estória é incrível.

4 comentários:

  1. Esse livro parece muito bom, quando eu tiver oportunidad irei ler!

    ResponderExcluir
  2. Pela capa eu me interessei, mas pela sua resenha, tem algumas partes chatas D: Vou pegar emprestado com alguma amiga, ler um pouco e ver o que eu acho :c
    Estou seguindo seu blog, beijos e que Deus te abençõe ♥ Like a Rock, Like a Roll | Fan page|Enquete

    Aaah, o blog vai completar 1 ano dia 9/06! clique aqui para mandar a sua homenagem!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pensei que eu era a chatinha, mas meu namorado tbm não curtiu muito o livro, então o problema não é comigo hahah

      Excluir

Já vai sem comentar?
Deixe sua opinião ou comentário aqui, ele é muito importante!