Resenha: Zumbis X Unicórnios (Organizado por Holly Black e Justine Larbalestier)


Título Original: Zombies VS. Unicorns
Autor: Vários - Organizado por Holly Black e Justine Larbalestier
Editora: Galera Record
Páginas: 382
Gênero: Ficção
Classificação: 3/5


Sinopse: Nesta antologia, editada por Holly Black e Justine Larbalestier, diversos contos apresentam fortes argumentos a favor de Zumbis de um lado e de Unicórnios de outro. Os argumentos, que incluem tanto pontos negativos e positivos de cada lado, são expostos por renomados autores, entre eles Cassandra Clare, Meg Cabot e Scott Westerfeld, que deixam clara a preferência por um time ou outro. 



Em tempos em que você precisa ser de determinado time (Jacob ou Edward, Jake ou Matty, Daniel ou Cam, Dormir ou Comer), uma questão de tremenda importância não poderia ficar de fora: Zumbis ou Unicórnios? Qual dessas criaturas é mais incrível de todos os tempos?

Para resolver essa discussão Holly Black (capitã do Time Unicórnio) e Justine Larbalestier (capitã do Time Zumbi) uniram-se para ajudar ao leitor a se decidir sobre essa questão de importância gigantesca.

Cada time conta com seis autores que vão tentar nos convencer de qual lado é o melhor. E antes de cada conto Black e Larbalestier tem um diálogo cheio de humor e sarcasmo, uma tentando provocar a outra ao máximo. Nesse quesito o time Zumbi já sai na frente.

O interessante que cada escritor representa a criatura do seu respectivo time de todas as formas que você possa imaginar. Unicórnios podem ser fofos e elegantes, mas também podem ser viciados e maus. Isso também vale para os Zumbis, eles nem sempre são tão lerdos e nojentos.

Do Time dos Unicórnios meu conto preferido foi Mil Fores (Margo Lanagan). O modo sombrio que o conto foi sendo levado, como o Unicórnio da estória parecia mau e no final ele não era tão ruim assim e a zoofilia que até que virou uma história de amor bem bonita e melancólica.

Também do Time dos Unicórnios um conto que me surpreendeu, na verdade foi o modo da escrita, foi o Princesa Bonitinha (Meg Cabot). A escrita em terceira pessoa da Meg me conquistou, algo que sua escrita em primeira pessoa não conseguiu. Se a Cabot tiver livros em 3ª pessoa eu irei ler com muita vontade e expectativa.

Já pelo Time dos Zumbis meus contos favoritos foram Love Will Tear Us Apart (Alaya Dawn Johnson), adorei descobrir que o zumbi era gay e o modo que a autora mesclou músicas com o conto foi sensacional!

As Crianças da Revolução (Maureen Johnson) também foi um conto ótimo, mas esse sendo mais para o lado cômico. Passei o conto inteiro imaginando a Angelina Jolie como a mãe dos Zumbis Kids.

Ambos os times tem os seus pontos negativos (alguns contos são muito fracos), mas em geral os autores conseguiram explorar muito bem essas duas criaturas, criando universos fantásticos e – algumas vezes – perturbador.

Admito que já era do Time dos Zumbis e depois desse livro... Nada mudou, ainda amo os zumbis, mas minha opinião sobre os nem sempre lindos e meigos Unicórnios mudou um pouco.

A capa desse livro é simplesmente linda, chamativa e tão colorida! Sem contar que retrata muito bem o tema da obra: uma batalha feroz de Zumbis X Unicórnios. O aspecto gráfico é impecável e a ideia de colocar uma silhueta de um unicórnio ou zumbi no inicio de cada conto, indicando a qual time pertence, é muito legal.

Demorei um pouco para ler o livro por motivos de preguiça (alguns unicórnios simplesmente me irritavam), mas é uma leitura bem envolvente e engraçada, que agrada qualquer tipo de pessoa. E o mais importante: te ajuda a escolher qual criatura é a mais legal!

16 comentários:

  1. Só em ter Meg Cabot já tenho vontae de ler RSRSRSR
    Seguindo seu blog!!Convido para seguir:

    http://eternamente-princesa.blogspot.com.br
    Bjs

    ResponderExcluir
  2. Oi Carol!

    A capa desse livro realmente é uma graça, e pensei em comprei ele unicamente por isso... Eu não gosto muito de livros de contos... Prefiro uma história inteira bem desenvolvida. Esse me parece ser um livro mais infantil? Ou é impressão minha?

    Talvez eu ainda compre o livro, talvez leia e mude de opinião ou talvez compre só pela capa... Não sei!
    Ainda estou bem em dúvida em relação a esse livro!

    Beijos!
    blogdaruiva

    ResponderExcluir
  3. @Luiza Oi, Luiza! Não sou muito fã da Meg, mas esse conto dela é muito legal!

    ResponderExcluir
  4. @Francieli Bittencourt Oi, Fran!

    Ele não é nada infantil! Tem muito palavrão, sexo e relações gays,é um livro adulto mesmo. Eu comprei sem pensar duas vezes e não me arrependo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mesmo?? Não sabia!!
      Acho que vou me arriscar em comprar ele pro mês que vem, já to cheia de livros pra abril :((

      Beijinhos!

      Excluir
    2. Já eu estou me sentindo com poucos livros ): hahah Leia e depois me diga o que você achou do livro (:

      Excluir
  5. Adorei! Bacana que a gente fica conhecendo o lado positivo e negativo de cada um não é mesmo? Super interessante! Acho que eu seria do time dos unicórnios... apesar de que eu adoro zumbis!! Ai que difícil! Beijocas flor!

    http://certascoisas.com/

    https://www.facebook.com/certascoisasblog

    ResponderExcluir
  6. Quero muito ler este livro *--* Adoro zumbis, mas tenho vontade de conhecer mais os unicórnios. Ótima resenha!
    Beijos

    http://palavrasdeumlivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. eu tenho muita vontade de ler esse livro, mas não o suficiente para compra-lo haha'
    vou colocar ele no livralivro e quem sabe consigo fazer uma troca (:
    bjs

    Tá rolando um sorteio de um colar relíquias da morte lá no DD, confira
    http://dna-diferente.blogspot.com.br/2013/02/sorteio-colar-reliquias-da-morte.html

    ResponderExcluir
  8. Estou com muita vontade de ler esse livro, acho linda a capa! Então, a Meg Cabot tem livros em 3ª pessoa sim, só que são escritos sob o pseudônimo Patricia Cabot e o enfoque é na época vitoriana (eu gostei muito dos que eu li). Depois dá uma procurada.

    ResponderExcluir
  9. @Ainá Paiva Esse realmente é o legal do livro: conhecer outros lados dessas duas criaturas. (:

    ResponderExcluir
  10. @Yara Andrade Obrigada, Yara! Esse livro é bem legal e foi legal saber que unicórnios não só peidam arco-íris hihi

    ResponderExcluir
  11. @Milláh Então, eu tinha o mesmo problema, ai meu namorado comprou esse livro pra mim e tudo ficou mais fácil hahah

    ResponderExcluir
  12. @Dasty-Sama Aaah, como é bom saber que existem livros em terceira pessoa da Meg o/ Vou pesquisar!

    ResponderExcluir
  13. Eu amei esse livro! Tenho que admitir que nunca fui apaixonada por Zumbis, mas alguns deles me conquistaram. Teve uma história que realmente me conquistou, mas eu tô com preguiça de levantar para procurar o nome. E teve essa do Zumbi gay que me encantou! Algumas eu achei meio nojentas e alguns unicórnios me deixaram meio entediado, mas no fim das contas adorei o livro. Sou fã da Meg e gostei bastante da história dela, mas não foi me favorita.
    Beijos

    http://fellinwonderland.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Yasminh! Zumbis sempre foram meus favoritos <3 E o conto da Meg me surpreendeu, gostei bastante!

      Excluir

Já vai sem comentar?
Deixe sua opinião ou comentário aqui, ele é muito importante!