Resenha: Um Amor para Recordar (Nicholas Sparks)

Título Original: A Walk to Remember
Autor: 
Nicholas Sparks
Editora: 
Novo Conceito
Páginas: 184
Gênero: Romance
Classificação: 3/5



Sinopse: “Cada mês de abril, quando o vento sopra do mar e se mistura com o perfume de violetas, Landon Carter recorda seu último ano na High Beaufort. Isso era 1958, e Landon já tinha namorado uma ou duas meninas. Ele sempre jurou que já tinha se apaixonado antes. Certamente a última pessoa na cidade que pensava em se apaixonar era Jamie Sullivan, a filha do pastor da Igreja Batista da cidade. A menina quieta que carregava sempre uma Bíblia com seus materiais escolares. Jamie parecia contente em viver num mundo diferente dos outros adolescentes. Ela cuidava de seu pai viúvo, salvava os animais machucados, e auxiliava o orfanato local. Nenhum menino havia a convidado para sair. Nem Landon havia sonhado com isso. Em seguida, uma reviravolta do destino fez de Jamie sua parceira para o baile, e a vida de Landon Carter nunca mais foi a mesma.”


Tudo nessa vida se tem uma primeira vez e nessa resenha vou tentar descrever o que senti ao ler meu primeiro livro do Nicholas Sparks.

Sempre que ouvia o nome Nicholas Sparks minha mente já me dizia que era aquele cara que sempre estava escrevendo um novo romance e que todo mês tinha um filme novo no cinema baseado em alguma obra dele.

Um Amor para Recordar foi parar na minha estante por causa da minha, sua e nossa querida promoção do Submarino de cinco livros por R$50,00. Além de querer ler algo de um escritor que eu ainda não tinha lido nada, queria ter mais livros de romance. Optei por um livro bem conhecido e também porque já tinha lido muitas críticas positivas sobre essa obra e pelo filme. Lembrando que vou, ao máximo, tentar não comparar o livro ao filme, algo que eu quero fazer mais pra frente.

Chega de enrolar e vamos de fato ao livro.

O livro é bem curtinho, então eu uma tarde inteira cinzenta de sábado eu sorri e derramei lágrimas com essa comovente história de amor entre Landon, o bad boy da cidade que comia amendoim em um cemitério (isso que é rebeldia, meu garoto!) e a religiosa e bondosa Jamie, a filha do pastor da cidade que vive pra cima e para baixo com uma bíblia debaixo do braço.

No começo o fato do livro ter apenas 184 páginas me incomodou um pouco, pois achei que a história ia ser muito corrida, mas, felizmente, isso não aconteceu. Mesmo tendo poucas páginas o livro teve um ritmo ótimo. Claro que eu queria que tivesse mais páginas, que eu pudesse ler mais sobre aquele casal pouco provável, mas talvez se Sparks tivesse optado por algo maior a magia da obra não seria a mesma.

Como essa é minha primeira leitura desse autor não posso fazer comparativos ou disser que esse foi seu melhor livro, mas tenho que ressaltar como Nicholas conseguiu fazer uma história tão singular e como duas pessoas são diferentes podem, juntas, descobrir a alegria e também a dor, e acima de tudo, a transformação do amor verdadeiro.

Claro que nem tudo foi perfeito, a personalidade da Jamie não me agradou muito, a achei muito passiva, educada até demais e costumo não gostar muito de personagens deveras religiosos.  

A fé nesse livro foi algo bem forte, deixando o romance, algumas vezes, como plano de fundo. Isso não me irritou, na verdade achei muito bonito como Sparks usou a fé, em nenhum momento achei que ele apelou para esse assunto.

Contraditório, não?!

A narrativa, em primeira pessoa feita pelo o Landon, foi bem agradável, principalmente por ele ter contado essa história aos 57 anos de idade, dando uma visão ampla do que se aconteceu 40 anos atrás.

O final não me fez chorar muito, pois já tinha feito muito disso no momento em que o segredo é revelado, mas me fez refletir muito sobre como devemos tratar os demais, que devemos tentar entender aqueles não compreendemos e como esse sentimento chamado amor pode nos trazer uma grande lição de vida. 


10 comentários:

  1. Nunca li esse livro, até hoje só li um livro do Senhor Sparks que foi Querido John, que me fez chorar rios e até hoje passo longe dos livros dele kkkkk

    lovelyblogcarol.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sempre me falam que os livros do Sparks te fazem chorar e estou com receio de comprar mais livros dele hahah

      Excluir
  2. Eu amo o filme e tenho o livro mais ainda não li.

    Conheça meu blog? » http://marciagabriellaa.blogspot.com.br/?m=1

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Gabi!
      Leia, ele vai te fazer chorar, mas é lindo!

      Excluir
  3. Oi Carol!
    Eu nunca li esse livro, mas pretendo ler logo, porque amo o filme!
    Já li Dear John, The Notebook e The Last Song do Nicholas e o único que não gostei muito foi The Notebook (é bem bonito, mas de taaaanto que falam, eu esperava mais)... Mas enfim, recomendo muito a leitura!
    Ainda quero ler mais obras dele!
    Adorei sua resenha e quero uma promoção dessa de novo! hahaha :D

    http://officialgabi.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Gabi!
      Acredita que eu ainda não vi esse filme todo? ): Mas pretendo ver ainda essa semana. O próximo livro do Nicholas que quero é o The Notebook, como ainda não vi o filme, acho que não vou criar muitas expectativas.

      Excluir
  4. o único livro que li desse autor foi Querido John, que não me passou uma boa primeira impressão.
    mas mesmo assim sempre tive um pouco de vontade de ler mais livros dele. desse livro eu não curti o fato de ter poucas páginas pq gosto de livros grossos, mas pode ser que se tivesse mais páginas ia ficar cansativo e chato.
    bjs

    http://dna-diferente.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então, eu tive a mesma impressão, se o livro fosse maior ia ser um saco. Eu gostei dessa minha primeira leitura, quero ler mais livros dele.

      Excluir
  5. Aaaai, adoro livro que me faz chorar! Sim, sou estranha. haha
    Do Nicholas Sparks eu já li Noites de Tormenta, Diário de uma paixão e A última música. Meu preferido foi o Noites de Tormenta, seu post me deixou inspirada pra fazer uma resenha!

    Ps: Obrigada por me avisar do erro naquele meu post, já consertei. :D

    http://p4raparadise.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Às vezes eu curto um livro para chorar, mas ultimamente eu estou evitando HAUAHU Faça uma resenha sim, Raquel!

      Excluir

Já vai sem comentar?
Deixe sua opinião ou comentário aqui, ele é muito importante!